Mostrar mensagens com a etiqueta #Yorgos Seferis. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta #Yorgos Seferis. Mostrar todas as mensagens

dezembro 11, 2014

Yorgos Seferis

©Josef Koudelka CZECHOSLOVAKIA. 1963
                             
                             III
                                      Lembra-te dos banhos em que foste afogado

Acordei com esta cabeça de mármore nas mãos
que extenua os meus cotovelos e não sei onde
     pousá-la.
Ela tombava no sonho enquanto eu saía do sonho
a nossa vida uniu-se e será muito difícil separar-se
     de novo.

Vejo os olhos; nem abertos nem fechados
falo à boca que continuamente procura falar
seguro as maçãs do rosto que ultrapassam a pele.
Já não tenho força;

as minhas mãos perdem-se e aproximam-se de mim
mutiladas.

"Poemas Escolhidos"
Yorgos Seferis
Relógio D'Água