Mostrar mensagens com a etiqueta $Bernardo Sassetti. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta $Bernardo Sassetti. Mostrar todas as mensagens

outubro 24, 2017

PLAY Bernardo Sassetti | Canço Nr. VI & Historia de Amor

De pedra em pedra
Te peço

Não morras de sede

Ou de luz


Daniel Faria (1971 -1999) | Poesia | Edições Quasi | 2006

maio 31, 2017

"Maio as traz, Maio as leva"

PLAY Bernardo Sassetti | Prelúdio para uma história invisível 
 
Não precisa de Maio para ser lembrado. Mas Maio lembra-o (mais e mais).

junho 09, 2015



quando
 G   E   N   U   Í   N   O
rima com
F   E   L   I   N  O
...

junho 08, 2015

Os olhos fechados são fontes de sol e vinho
que, no calor e na sombra ébria,
nos fazem esquecer o mundo.
Por isso subimos de olhos fechados,
em redobrados esforços de equilíbrio,
como se cada passo fosse um passo da Terra,
a rodopiar-satélite sob o nosso corpo imóvel.
Também os sorrisos são armas que matam,
por isso os guardamos tão secretamente
- e vivos -
até à data do reencontro,
onde assinaremos o suicídio comum
e gritaremos, num último suspiro:
- Enfim, sós.

PLAY Bernardo Sassetti Prelúdio para uma história invisível 

março 14, 2015


L   U   G   A   R
rima com voar





Foto: ©raquelsav. 2015.Março

dezembro 28, 2014

PLAY Bernardo Sassetti Do silêncio/revelação

porque a saudade escreve-se com reticências... porque a saudade é isto: um apelo sem retorno... porque a única coisa capaz de desvanecer esta saudade é o amor que partilhámos e passou a viver em mim... porque a saudade, é hoje, tão especialmente, tanta mas tanta... porque hoje é domingo e não estou capaz de me encontrar... porque nem a morte consegue dar-me à despedida... porque estou viciada no uso de reticências... e, para me encontrar, preciso de conhecer as regras do ponto final.