Mostrar mensagens com a etiqueta $Sawns. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta $Sawns. Mostrar todas as mensagens

agosto 08, 2018

  

Quis ser, à sombra de ti, a um passo, e fui-o: a um passo, em falso, de mim. 

Que se fodam as réguas e esquadros, as fitas métricas, taxímetros, micrómetros e aristos; que ardam os mapas e GPS's; que se extingam a trigonometria e todas as técnicas antropométricas: não há arte que estime, fiel, a distância de segurança da sombra de nós. 

Que se apague a luz; que se esconda o sol; que se parem os ponteiros ao meio dia; que os passos sejam largos sem sombra que se lhes arraste; que o voo seja pleno sem figura terrestre que o acompanhe: livre é ser só.


fevereiro 17, 2017

outubro 02, 2016

PLAY Swans | Little god in my hands

Entretanto, parece que a cotação social da poesia aumentou. As homenagens aos poetas constituem um dos números mais apropriados da saison:
AJF: De há uns tempos a esta parte que um verdadeiro bando, ao que parece organizado, constituído por literatos, comerciantes, necrófilos e patetas, se vem dedicando a essa nefasta actividade, São já especialistas. A verdade é que nunca tantos, ao mesmo tempo, tentaram assassinar a poesia. E em nome dela, como convém ao cinismo."

(De entrevista a António José Forte)